A VIDA É BELA - PORTAL ESPÍRITA E FILOSÓFICO SAUDADE E ADEUS
Saudade e Adeus - Tatiana Madjarof Bussamra - Página Inicial

 

 Saudade e Adeus

 

 

A Vida é Bela

Assista Online e na Íntegra

 

A VIDA É BELA  A história seria hilariante se não fosse trágica.

Guido (Benigni), após parar num campo de concentração nazista na Itália no princípio de 1940, tem que "fazer das tripas coração" para enganar seu filho Giosué, para que este não sinta os horrores da guerra.

Não apenas o amor de um pai por seu filho, como também a esperança viva, o otimismo e a candura de um adulto para passar adiante a mensagem de que "A Vida é Bela"...

O filme nos pergunta por que andamos ansiosos, preocupados, estressados, pois a vida é bela, e se é bela, por que lamentar-se pelo que passou, pelo que não conseguiu, pelo que aconteceu ou não se realizou? Cada dia traz uma nova oportunidade... Guido representa o olhar puro de uma criança, adentrando no Reino dos Céus da consciência tranqüila e do dever cumprido.

Com este filme, o cineasta italiano Roberto Benigni ("O Monstro") conquistou não apenas a América de Hollywood, como também o mundo, explicando aos brasileiros porque "Central do Brasil" não ganhou o Oscar 1999 ao Concorrer com ele, além de ganhar, também, o Oscar de Melhor Ator (Roberto Benigni), e Melhor Trilha Sonora em Drama. Foi, outrossim, indicado em outras 4 categorias: Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Montagem e Melhor Roteiro Original... Ou seja, tinha predicados suficientes para arrebatar a estatueta.

Embora tenha sido produzido em 1997, só estreou nos EUA em 1998

Amar! Mais e Mais!

 
 

Antes de começar a assistir o filme, dê o play e em seguida dê o pause. Aguarde alguns minutos para o vídeo carregar um pouco e não travar.

 

 

 
    Retornar Para Filme    
 

SIGA O SAUDADE E ADEUS NO TWITTER

Siga o Saudade e Adeus no Twitter

 
 

 
MUNDO DA FILOSOFIA
 

 

 


Elaborado e Idealizado por Rosana Madjarof - Todos os Direitos Reservados - Política de Privacidade