SEUS GRILOS... SEUS CÃES E SEUS GATOS - PORTAL SAUDADE E ADEUS
Saudade e Adeus - Tatiana Madjarof Bussamra - Página Inicial

 

 Saudade e Adeus

 

 

Seus Grilos... Seus Cães e Seus Gatos

 Por Paulo Madjarof Filho

 
 

 
ANGEL MADJAROF

 Se São Francisco de Assis, o protetor dos animais, deixou discípulos à sua causa, certamente um deles era ela. Na verdade ela nem bem sabia por que o fazia, mas nunca fugiu aos seus desígnios. Justificava contando uma história do cão pastor alemão que certa vez ganhou de seu pai e lhe foi roubado, como o ponto de inicio à sua dedicação cinófila. O fato é que a proporção de sua dedicação franciscana mudou a sua própria história de vida!

Depois do episódio do sumiço de seu cão, ela mudou de casa e de cidade, e tinha agora um propósito para dedicar-se. A justificativa de ser criadora de cães mudou em definitivo o rumo de sua vida. Começou criando uma raça incomum e logo se somou a esta, outras raças. Sua nova casa dispunha de um amplo espaço e lhe permitia acolher muitos e novos animais. As exposições caninas tornaram-se lugar comum e orgulhava-se especialmente de um de seus cães, reconhecidamente, campioníssimo em todas as categorias – mundo estranho esse dos criadores de cães, em que a qualidade de campeão se justifica pela certificação de que o cão atende as especificações correspondentes à raça que representa!!!

A comercialização das ninhadas viabilizava a criação em face das demandas e exigências que essa condição exige. Pode-se comprar a ração, os medicamentos e as vacinas, mas não se compra o carinho e o afeto para com os bichos – e isso ela tinha de sobra para dar. Tanto, que sofria a cada desmame e o desfazimento das ninhadas. Sofria tal qual a mãe que entrega o filho à sua noiva ante o altar, numa mistura de carinho e pesar.

A vida nos prega peças e de fato nunca nos encontramos preparados para as experiências não desejadas, embora saibamos que essas nos espreitam todo o tempo. Uma nova mudança de cidade e para uma nova casa, desprovida de espaço que pudesse comportar os seus cães, fez com que ela tomasse uma difícil decisão: deveria escolher um único cão para lhe fazer companhia. E lá estava ele. Max, o seu amigo e companheiro. O grande campeão.

Max não ficou em sua companhia por muito tempo, e logo, sucumbiu à idade avançada, padecendo de uma doença que acomete cães de grande porte. Ele já não tinha a vitalidade e a energia de outrora, mas foi fiel até o fim e morreu com dignidade ao lado de sua cuidadora. Aliás, como é bonita a fidelidade dos cães até na hora de sua morte. Amém! Ela sofreu como quem perde um filho e deixou aflorar o seu lado franciscano mais uma vez. Tornou-se uma espécie de anjo da guarda dos animais.

Não se passou muito tempo e a casa foi parecendo maior (ou menor!), pelo menos passou a comportar novos moradores, caninos e felinos. Gatos sem casa escolheram voluntariamente o seu novo endereço e não demorou para que uma legião de felinos habitasse a nova casa, o que a obrigou a realizar uma reforma para acomodá-los em áreas especificas. Agora eles tinham um endereço!

Não foi diferente com os cães, encontrados e entregues aos seus cuidados. Cães sem raça ou com pedigree, o que para ela, pouco importava, somaram-se a outros nobres cães, com privilégios que só a nobreza tem. Esses dormiam em sua cama e gozavam de uma atenção frequente e direta. Eram três cães de pequeno porte e um de porte médio – este último, também encontrado numa esquina qualquer de um dia chuvoso.

O fato é que ela lhes oferecia lar e eles, de bom grado, aceitavam. Mais do que isso, retribuíam com a fidelidade que só os cães podem oferecer. Espaços próprios foram “criados” para acomodar os novos moradores, que formavam uma família que passava de trinta membros. Isso mesmo, mais que trinta! A missão escolhida por ela também cobrava o seu preço. Tornou-se reclusa em sua própria casa e os parentes e amigos mostravam-se pouco à vontade em dividir sofás, cadeiras, camas e sentarem à mesa entre olhares pedintes!

A notícia de que seria avó a surpreendeu positivamente. Cobrou-se pela inobservância de que a sua princesa, prestes a aumentar a família, tomou a decisão da maternidade sem que ela soubesse. Provavelmente a danadinha teve um encontro com o namorado às escondidas, sem levar em conta as consequências. O fato é que Angel, uma de suas malteses, tornaria-se mamãe e tudo tinha que ser arranjado. Assim aconteceu!

São muitos os pedágios na estrada da vida e pagamos o preço, às vezes mais amargo do que podemos supor. Angel sucumbiu a uma complicação no parto e a alegria do nascimento cedeu lugar ao luto e a tristeza.  Na verdade, essa é a tristeza oriunda do egoísmo humano que compreende o afeto pela perspectiva da posse. Assim, tratamos como nosso o que acreditamos nos pertencer. Mas não nos pertence! Somos parte do todo e o todo se expressa em nós, tal qual o DNA que carrega as informações do Ser, faz parte do Ser, mas não é o Ser!

A Angel não morreu, transmutou! Foi para um encontro especial em companhia de sua cria para a legião de São Francisco de Assis, num mundo que, de tão próximo, sequer podemos enxergar. Gatos, cães e outros bichos habitam esse mundo, e todos que se desfizerem de seus “grilos”, poderão a ele se conectar. A discípula relutou em devolver ao mestre Chico o que lhe foi confiado, talvez porque os o “cri-cri-cri-cris” dos seus grilos internos foram altos demais, e ela não ouviu o chamado e nem o até breve da despedida. (Paulo Madjarof Filho)

Agradeço ao meu irmão, Paulo Madjarof Filho, por esta linda homenagem em face do desencarne da minha amada Angel, minha Anjinha, minha filhinha tão amada e que tanta saudade deixou. Meu irmão expôs, neste lindo texto, a minha vida e o meu amor aos meus filhinhos de quatro patas. Obrigada meu irmão! Te Amo! Sua irmã, Rosana Madjarof.

 
Angel Madjarof (Maltês)
Nasceu em 15/11/2008 em São Paulo – SP
Desencarnou em 14/04/2013 em Mauá – SP
 

 

 

Anterior

Retornar Para Homenagens

Página Inicial

 
 

 

SIGA O SAUDADE E ADEUS NO TWITTER

Siga o Saudade e Adeus no Twitter

 
 

 

 

 

 

  Elaborado e Idealizado por Rosana Madjarof - Todos os Direitos Reservados - Política de Privacidade